quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Amor exponencial


Ola meus queridos(as)

O que cultivar? São tantos sentimentos misturados, como separar as sementes e plantar o que vale a pena ser colhido? Amor.... amor cresce, floresce, dá frutos. O amor gera amor dentro de uma progressão geométrica, exponencial! Enquanto outros sentimentos crescem linearmente, o amor é exponencial. Como faz bem ter um jardim cheio de amor.

Queridos, não virei a Madre Tereza de Calcutá, longe disso, nem o Dalai Lama mas simplesmente, mesmo vivendo esse momento complicadíssimo, optei por plantar amor no meu jardim, amor por mim (sempre em primeiro lugar), amor pelo meu filho, amor por ele, amor pelas pessoas que sofrem, amor ao próximo (sem saber quem é esse próximo), amor pela vida (com seus altos e baixos), amor a minha irmandade... 

Muitos anos atrás quando ainda estava casada mas querendo me separar (meu primeiro casamento, não queridos, não matei nenhum deles, alias só foram dois...não tenho vocação para ser viúva negra) ouvi essa frase: é impressionante a força que as coisas têm quando elas precisam acontecer. Ficou gravada comigo todos estes anos, e só hoje realmente compreendi seu significado. A força que as coisas têm... quando precisam acontecer! É uma força que literalmente "move montanhas", a força destrutiva/construtiva que esta na natureza e dentro de cada um de nós sem saber, ela esta lá e nos momentos mais críticos, se manifesta com todo esplendor e magnitude. Força! Para construir ou destruir. 

E mais uma vez me pego nas escolhas... o que fazer com essa " força"? Construir ou destruir?  Escolho, só por hoje, construir o amor, e que ele cresça exponencialmente e chegue a todos que dele precisam! 


2 comentários:

  1. a vida é assim feita de ciclos de crises, sem elas ficariamos estagnados...boas escolhas é o q lhe desejo...plante amor e colherá amor ;)..bjaum

    ResponderExcluir
  2. Que esse amor chegue a todos nós... pois sem isso, qual a razão de estarmos aqui? Minha flor! Que desabrocha a cada dia mais linda! Bjs

    ResponderExcluir