quinta-feira, 22 de maio de 2014

Tudo bem


Ola meus queridos(as)

Parabenizo vocês que moram em São Paulo e não mataram ninguém nestes últimos dois dias de caos total devido a greve de ônibus! Mais uma vez fica claro o quão frágil é esse "equilíbrio" ilusório; na verdade essa cidade vive no limite da capacidade de suporte, e até um caminhão quebrado na marginal Tietê pode levar ao colapso do sistema. Fala-se muito em sustentabilidade urbana mas como aplicar esses princípios aqui? As vezes parece que não tem jeito... o melhor mesmo é passar o trator e começar do zero. Talvez eu esteja sendo um pouco pessimista hoje. 

O Caiçara esta na fase homem trabalhador e responsável (espero que não seja apenas uma fase...), dobrando as horas, conseguimos nos ver no seu dia de folga semanal e, as vezes, a noite; para matar um pouco a saudade (mas ele chega tão tarde e tão cansado que acabamos dormindo mesmo)! Não queridos, não estamos morando juntos, ele tem a casa dele e eu a minha; e quando não estou querendo companhia, pois tenho meus dias, eu simplesmente digo "hoje não". A primeira vez que coloquei esse limite, ele não entendeu; mas você não quer me ver? Quero, mas hoje não quero ver nem você nem ninguém, sabe aquele tempinho que você precisa só para você? Eu sou assim, tenho meus momentos reclusos, durante os quais aproveito apenas a minha companhia, uma cerveja, um bom livro, ou se estiver de saco cheio, jogo Candy Crush esvaziando minha cabeça (apesar de que ultimamente esse jogo do satanás esta me estressado mais do que relaxando, olha o vício, eu não consigo parar de jogar essa meleca)! 

O I. começou a se expressar um pouco mais, seu vocabulário aumentando... e eu preciso me policiar melhor! Outro dia, no trânsito, saiu um "vai caralho"(segundo o Caiçara eu sou "o motorista", de uma pacata pedestre me transformo atrás do volante em a motorista maluca); pronto, a esponja absorveu, 5 minutos depois chegamos na escola, e o I. solta o "vai caralho". Agora é só entrar no carro e lá vem ele... As vezes subestimo meu filho, acho que ele ainda é um bebê com a cabeça no mundo da Lua, longe disso, ele esta cada dia mais antenado, com o radar ligado em tudo. Curiosidade a mil! E fazendo trilhões de associações por segundo dentro do seu cérebro explodindo em sinapses. 

E assim vamos vivendo, tudo bem... 

2 comentários:

  1. ta foda mesmo...ainda bem que pros meus lados o caos não ta reinando...bjus e paz pra ti

    ResponderExcluir